Harry HR

Melhorar Employee Experience

Acender o Employee Experience: Promover uma cultura de capacitação (Parte 3 de 5)

As we continue our journey into improving the Employee Experience (EX), we encounter an important driver: corporate culture. The culture of an organization shapes the everyday experiences of its employees. It?s the shared values, norms, and practices that define "how we do things here."

O papel da cultura no Employee Experience

Uma cultura empresarial positiva pode aumentar o empenhamento, a produtividade e a retenção. Além disso, pode tornar-se uma vantagem competitiva para atrair os melhores talentos.

Construir uma cultura de capacitação

Então, como é que se pode promover uma cultura de capacitação? Em primeiro lugar, a clareza é crucial. Todos devem compreender a missão, os valores e os objectivos da organização. Estes princípios devem orientar a tomada de decisões a todos os níveis da organização.

Em seguida, invista nos seus colaboradores. Oferecer oportunidades de aprendizagem e desenvolvimento para ajudar os empregados a crescer profissionalmente. Reconhecer e recompensar as suas realizações. Certifique-se de que eles sabem que as suas contribuições são valorizadas.

Por último, promova a colaboração e a inclusão. Incentivar o trabalho em equipa e garantir que todas as vozes são ouvidas. Uma cultura de capacitação é aquela em que a diversidade é celebrada e as diferentes perspectivas são bem-vindas.

Cultivar a confiança e a autonomia

A confiança e a autonomia são características de uma cultura de capacitação. Quando os empregados se sentem confiantes, é mais provável que tomem iniciativas, tomem decisões e se sintam responsáveis pelo seu trabalho.

Promover a confiança implica uma comunicação coerenteA transparência e a equidade. Significa cumprir as promessas e ser responsável quando são cometidos erros.

Quanto à autonomia, trata-se de dar aos empregados a liberdade para fazerem o seu melhor trabalho. Isto não significa deixá-los a resolver tudo sozinhos. Em vez disso, significa fornecer expectativas claras e os recursos de que necessitam, e depois afastar-se para os deixar brilhar.

Na próxima parte da nossa série, vamos analisar o papel da liderança na formação do Employee Experience. Fique ligado!

Partilhar isto :

Publicações relacionadas